Vídeo mostra que havia mentira, calúnia e difamação de membros e pastores da IASD contra o grupo de Kalupeteka

Imagens feitas no morro do Sumi, durante reunião do grupo de adventistas leigos seguidores de Kalupeteka, mostra que membros e pastores da Igreja Adventista do Sétimo Dia faziam acusações infundadas até de sexo grupal e troca de casais entre os “dissidentes”. Contudo, aqueles que participavam dos congressos no local percebiam que essas acusações não eram verdadeiras, sgundo seus depoimentos. No desenrolar da gravação, percebe-se também que Kalupeteka enfatizava a Cristo e não a cruz, ou mesmo a guarda do sábado, como fonte de nossa salvação. Kalupeteka se opunha também ao uso de cruzes nas fachadas dos templos adventistas, inclusive na logomarcada IASD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *