Julgamento de Kalupeteka: Juiz autoriza reconstituição dos confrontos no Monte Sumi

kalupeteka-julgamento4

Julgamento de José Julino Kalupeteca e 10 seguidores começou nesta segunda-feira no Huambo.

João Marcos

Começou nesta segunda-feira no Tribunal Provincial do Huambo o julgamento de José Julino Kalupeteca e de mais 10 fiéis da seita por ele liderada, A Luz do Mundo.

Apesar da sala pequena, alguns familiares dos acusados puderam assistir, mas vários elementos do auto-denominado Movimento Revolucionário Angola foram impedidos de o fazer.

Na audiência de hoje, o Ministério Público apresentou a acusação contra Kalupeteca de nove crimes de homicídio qualificado, resistência e danos durante os confrontos de Abril de 2015 no Monte Sumi, no Huambo.

O advogado de defesa David Mendes voltou a pedir a reconstituição do crime no local, tendo o juiz Afonso Pinto dito que não impede que a mesma seja feita durante o julgamento.

Durante os confrontos de 16 de Abril de 2015 no Monte Sumi, oito policias e cerca de 13 civis foram mortos.

A oposição e organizações de direitos humanos falam em centenas de mortos e a ONU pediu uma investigação independente, que foi negada pelo Governo de Angoala.

Nesta terça-feira

O tribunal provincial do Huambo, ouviu terça-feira, 19/01, mais dois dos dez arguidos do processo da extinta seita “A Luz do Mundo”, de José Julino Kalupeteka. A sessão foi marcada inicialmente pela interrupção dos interrogatórios devido a petição da defesa em pretender ouvir, no Tribunal, os arguidos do processo. Saiba mais na reportagem abaixo com o Adérito Gaieta:

Ouça áudios:

Voz da América

Rádio Nacional de Angola

Fontes:

http://www.voaportugues.com/content/juiz-autoriza-reconstituicao-dos-confrontos-no-monte-sumi/3151405.html

http://www.rna.ao/canal-a/prossegue-julgamento-do-caso-kalupeteka/

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *